O vinho Quinta Vale D. Maria Douro Tinto estagia durante 21 meses em barricas de carvalho francês, sendo 75% barricas novas e 25% barricas de segundo uso.

Foi considerado o melhor português por um dos especialistas da revista The Wine Advocate (TWA), publicação do célebre crítico de vinhos norte-americano Robert Parker.

A distinção foi publicada na edição de Dezembro da revista por ocasião da divulgação dos resultados da última prova de vinhos portugueses feita por Mark Squires, que foram também dados a conhecer recentemente online no site da TWA.

De acordo com a AICEP, o vinho Quinta Vale D. Maria Douro Tinto obteve a classificação máxima do ano atribuída pela revista, ao conquistar 96 pontos. Esta foi também a maior classificação de sempre atribuída pela TWA a um vinho português à exceção de Porto, Madeira ou Moscatel, os únicos que até hoje tinham merecido a referida pontuação.

Mark Squires descreveu-o como “um vinho extraordinário, de caráter complexo e profundo e que apresenta todos os atributos que se esperam de um vinho clássico da sua variedade”. Segundo o crítico, “vinhos deste calibre merecem que sejam feitos esforços para os encontrar, comprar e consumir”.

Foi o único vinho português presente na lista dos “Extraordinary Wines” (“Vinhos Extraordinários”) do ano, os vinhos que obtêm pontuações entre os 96 e os 100 pontos.

Quinta Vale Dona Maria Douro 2013

R$500.00Preço